Página Inicial   >   Colunas

Crônicas Forenses A BOMBA, OBAMA E TRUMP

02/03/2017 por Roberto Delmanto

 

A jovem advogada estava fascinada com as possibilidades do Facebook que recém descobrira: resgatara antigas amizades que considerava perdidas, fizera novos amigos e se comunicava com tudo e com todos.

 

Certo dia, recebeu de um primo, residente em Paris, a notícia de que passara por um susto no aeroporto de Londres, quando houve uma ameaça de bomba que, afinal, não se concretizou.

 

Curiosa em saber detalhes do ocorrido, a advogada acionou o Google, digitando: "Bomba Aeroporto Londres".

 

Imediatamente a tela de seu computador foi tomada pelo aviso de que o FBI havia detectado sua mensagem e que, a partir daí, ela estava sendo monitorada. Assustada, deletou no mesmo instante a consulta que estava fazendo.

 

Não é verdade, como ingenuamente alguns acreditaram, que Obama conhecesse todos os detalhes de nossas comunicações pessoais, ou que Trump venha a fazê-lo com ênfase ainda maior.

 

O que existe é um sofisticado sistema de computação que detecta, na internet e em redes sociais, determinadas frases e palavras chaves, potencialmente perigosas, levando à vigilância de seus usuários.

 

A advogada, desde então, não voltou a viajar para os Estados Unidos e espera que, quando vier a fazê-lo, sua "curiosidade" não a impeça de conseguir um novo visto, já que o seu está vencido...

Comentários

BEM-VINDO À CARTA FORENSE | LOG IN
E-MAIL:
SENHA: OK esqueceu?

ROBERTO DELMANTO

Roberto Delmanto

Advogado criminal, é autor dos livros Código Penal Comentado, Leis Penais Especiais Comentadas,
A Antessala da Esperança, Causos Criminais e Momentos de Paraíso - memórias de um criminalista, os três primeiros pela Saraiva e os demais pela Renovar.

NEWSLETTER

Receba nossas novidades

© 2001-2017 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br